Trajetória do Cinema de Animação no Brasil é um livro, de publicação independente que celebra os 100 anos dessa arte no Brasil. Trazendo um panorama da animação brasileira e entrevistas com alguns dos artistas que marcaram as produções nacionais, o livro é o primeiro que foca no processo criativo de animadores brasileiros em formato de artbook. O intuito é valorizar a animação nacional e incluí-la no repertório de estudo de nossos artistas e produções.

Che. Marcheti:
Quando comecei a estudar animação, procurei livros brasileiros que falassem sobre produções nacionais e seus processos criativos. Porém, percebi que havia uma lacuna na nossa indústria: apesar da animação nacional ganhar cada vez mais força e reconhecimento, não existia nenhum livro que falasse sobre processo criativo. As poucas publicações que existem a respeito tendem a ter outro foco e ainda assim são pouco difundidas. Por isso, quando artistas querem buscar referências, precisam recorrer a livros de outros países e por consequência acabam tendo pouco acesso ao nosso próprio cinema de animação.

Então, eu decidi fazer um livro que preenchesse essa carência, abordando o desenvolvimento criativo da animação sob uma perspectiva brasileira. Queria fazer um livro que servisse de estudo e fonte de referência assim como os artbooks dos grandes estúdios; apresentando materiais imagéticos e textuais a respeito do processo e o trabalho de artistas nacionais.

Entretanto, fazer um livro que contemplasse toda a história e artistas era impossível para um projeto independente. Portanto, esse livro se apresenta como um recorte da animação nacional, focando em alguns dos muitos artistas que contribuíram para essa trajetória.

Foram mais de dois anos de pesquisa para realizar o projeto.
Entre análises, entrevistas e projeto gráfico, nasce então, um livro em forma de linha do tempo, organizada em cinco capítulos: Origem, Um impulso, Experimentando, Expandindo e Contemporâneos.

O livro parte das charges animadas (1900) até o primeiro longa de animação brasileiro a ser indicado ao Oscar (2016), mostrando, ao longo da cronologia, conteúdos textuais e imagéticos do processo de criação das produções destacadas. A curadoria dos filmes pontuados levou em consideração a abordagem de diferentes formatos de exibição, técnica e estética da animação.

Essa obra é direcionada para artistas, tanto os experientes quanto os iniciantes, proporcionando-lhes material de estudo e referência da animação nacional. Dessa forma, ao mesmo tempo em que valorizamos o nosso cinema de animação, o mesmo passará a estar mais presente nas influências dos nossos artistas.






1º Encontro do cinema de animação do Sesc Paraty
Sesc Arsenal Mato Grosso
17º Goiânia Mostra Curtas
Dia Internacional da Animação 2017 – Vitória
MUMIA – Mostra Udigrudi Mundial de Animação 2017 (BH)


Um recorte dos 100 anos de animação no Brasil e o processo criativo de nossas produções.
Lançamento no Catarse dia 25.04.2017

Autora e designer Ana Flávia Marcheti
Produtor Augusto Bicalho
email trajetoria.animabr@gmail.com

Site/Loja Trajetória de Cinema de Animação no Brasil
Facebook Trajetória de Cinema de Animação no Brasil

Che Marcheti (Ana Flávia Marcheti) é story artist para série de TV e longa-metragem de animação.Nasceu em 1993 e formou-se em Design pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Em julho de 2017 lançou o livro ‘Trajetória do Cinema de Animação no Brasil’, do qual é realizadora, autora e designer. Criou, com Augusto Bicalho, a Mostra Zootrópio, realizada anualmente e de forma gratuita no Espaço Marieta. Também atua como curadora de filmes de animação.

Site Che Marcheti
Behance Che Marcheti

Share: Facebook , Twitter , Google Plus